Horta Solidária fornecerá alimentos para instituições que beneficiam pessoas carentes

O quadro de diminuição na renda e empobrecimento da população em consequência da pandemia inspirou a equipe da Superintendência da Região de Saúde Centro-Sul a criar uma horta comunitária em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do DF (Emater).

O objetivo é fornecer as hortaliças a instituições que produzam alimentos para distribuição a pessoas carentes da região.

A horta foi organizada no terreno da Unidade de Saúde 1, próximo ao Hospital Regional do Guará.

Com o suporte técnico da Emater, servidores da Secretaria de Saúde estão cultivando nessa horta alimentos como rúcula, alface, cenoura, couve, repolho, beterraba, acelga, mandioca e couve-flor.

A maioria das sementes foram semeadas e já começaram a germinar. Algumas delas foram plantadas com mudas.

De acordo com a superintendente da Região de Saúde Centro-Sul, Flávia Oliveira Costa, a ideia surgiu com o aumento no número de pessoas carentes na região a partir do avanço da pandemia.

“O cenário é de decréscimo econômico e financeiro da população em geral, havendo o aumento do desemprego, consequentemente da fome”, ressaltou a gestora. Com informações da Secretaria de Saúde.

Da redação do Portal da Radio Tribuna FM Brasília