Foto: Divulgação/GDF Presente

As Equipes do GDF Presente dando apoio a administração do Regional do Varjão na recolocação das cinco paradas da avenida principal. A previsão da Administração Regional do Varjão é que a mudança das paradas de ônibus seja finalizada ainda nesta semana.

GDF Presente começou a semana de trabalhos no Varjão ajudando a administração regional a atender às demandas da comunidade. As equipes atuam na mudança de lugar das paradas de ônibus na avenida principal da cidade, que agora é mão única. Cinco abrigos que ficam do lado esquerdo da via, que perderam o uso com a alteração de tráfego nas vias principais da cidade, são levados para a nova Rua de Saída.

No final do mês passado, a administração regional, com apoio do Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF), fez a alteração do trânsito e transformou as vias principais da cidade em mão única. Assim, a antiga Avenida Principal virou Rua de Entrada e a saída dos veículos rumo a DF-005 é feita por uma via que fica abaixo dela, antes usada exclusivamente pelos moradores das quadras pares.

A mudança resolveu o problema do trânsito na cidade e, agora, o GDF atua para solucionar o problema dos usuários do transporte público. “Os motoristas até paravam quando a gente pedia, mas não tinha ponto de ônibus. Eu estou achando ótimo, essa mudança melhorou muito o trânsito aqui na cidade”, afirma a empregada doméstica Edileide Maria dos Santos, 41 anos, que pega ônibus todos os dias para ir e voltar do trabalho. “A parada foi colocada do lado da minha casa, facilitou muito para mim e para muita gente”, completa a dona de casa Márcia Teixeira de Almeida.

O trabalho começou a ser feito pelas equipes próprias da administração, mas ganhou um reforço com as máquinas e o pessoal do GDF Presente. O administrador Lúcio Rogério Gomes dos Santos acredita que a mudança dos abrigos será finalizada ainda esta semana. “Já tínhamos retirado as paradas da antiga localização, mas, depois de instaladas, é preciso aperfeiçoar o nivelamento, chumbá-las no solo com concreto, fazer a calçada em volta, construir a rampa de acesso para os cadeirantes, rebocar e pintar as paredes”, explica.

Acidentes e engarrafamentos

O Varjão parece uma cidade do interior, mas tinha pelo menos um problema digno de cidade grande: o trânsito. Os moradores entravam e saíam pela mesma rua, o que causava transtornos para os motoristas. O administrador do Varjão conta que todos os dias, entre 7h30 e 8h e das 17h30 às 19h, uma fila de carros imensa se formava para sair e entrar na cidade. “Os moradores saíam cedo para trabalhar no mesmo horário e voltavam à tarde. E eram obrigados a enfrentar enormes engarrafamentos. O trânsito parava na avenida e agora não tem mais engarrafamento”, diz.

Os congestionamentos, no entanto, não eram o maior problema. A via é estreita para a passagem de dois carros no sentido contrário e era comum acontecer acidentes, inclusive colisões frontais. A mudança de sentido das vias da cidade era uma demanda de mais de seis anos dos moradores e dos comerciantes do Varjão, mas só agora se tornou realidade.

Só no primeiro dia de trabalho, o GDF Presente recolheu 10 caminhões de lixo das quadras internas do Varjão, inclusive muitos móveis usados jogados na rua| Foto: Divulgação/GDF Presente
O GDF trabalhando no sentido de melhorar a vida da população do Distrito Federal.
Da redação do Portal de Notícias da Tribuna FM Brasília
E-mail: noticiadf@gmail.com