Cães invadem ambulância e fazem vigília para esperar dono em UPA, fato aconteceu em São Paulo - Portal de Notícias da Radio Tribuna FM Brasília

Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Cães invadem ambulância e fazem vigília para esperar dono em UPA, fato aconteceu em São Paulo

  Os cães invadiram a ambulância e passaram a noite na porta da UPA, esperando o tutor receber alta - Foto: arquivo pessoal Os cães Bob e Ch...

 


Os cães invadiram a ambulância e passaram a noite na porta da UPA, esperando o tutor receber alta - Foto: arquivo pessoal

Os cães Bob e Chiara mostraram que são realmente fiéis ao tutor deles. Quando o catador de recicláveis José Antônio Pereira, de 47 anos, teve um ataque convulsivo e precisou ser atendido pelo SAMU, os doguinhos não saíram de perto e “invadiram” a ambulância para acompanhá-lo.

As socorristas que atenderam ao chamado, contaram que os cães ficaram sempre por perto e entraram na ambulância logo que elas colocaram José na maca.

Já na unidade de atendimento, os dois cães ficaram a noite inteira na porta, até que o tutor tivesse alta e voltasse para casa.

Primeiros socorros

Segundo Patrícia Iolanda Antunes, enfermeira-chefe do Samu em Bauru, São Paulo, ela só conseguiu se aproximar de José, após ele conversar com os cães.

Ainda assim, quando os animais viram que o tutor seria levado, imediatamente entraram na ambulância para esperá-lo.

Sem conseguir tirar os animais, Patrícia e a motorista Josyane Plana, comunicaram o médico-regulador do serviço para justificar a decisão de levar os cães dentro do carro, já que eles não abandonariam o homem. O médico aprovou a decisão da dupla.

Vigília

Como José precisou ficar internado durante algumas horas, Bob e Chiara se mantiveram firmes, na porta da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Mary Dota, onde o tutor estava.

Logo após receber alta, o catador de recicláveis encontrou os amigos fiéis na porta do posto e todos voltaram para casa.

“Trabalhamos no limite entre a vida a e morte, temos de ser técnicos, mas não podemos deixar de sermos humanos. Acredito que o fato de termos duas mulheres nessa equipe foi fundamental nesse episódio que reforça o processo de humanização que a gente busca. Nós mulheres somos mais sensíveis”, acredita Patrícia Iolanda.

E nessa semana também mostramos a fidelidade de um cãozinho com a dona dele, que passou mal, precisou ser socorrida e o animal também fez questão de acompanhá-la na ambulância. Veja a matéria completa aqui no Só Notícia Boa!

Cães entraram na ambulância para acompanhar tutor - Foto: Arquivo pessoal
Cães entraram na ambulância para acompanhar tutor – Foto: Arquivo pessoal

 

José, Bob e Chiara - Foto: arquivo pessoal
José, Bob e Chiara – Foto: arquivo pessoal

Da redação com informações de Agora RN e site só noticia boa

Nenhum comentário

Latest Articles

Pixel