O Enterro de jovem encontrada morta e seminua será sábado (4/6) - Portal de Notícias da Radio Tribuna FM Brasília

Page Nav

HIDE

O Enterro de jovem encontrada morta e seminua será sábado (4/6)

  (crédito: Arquivo Pessoal) O corpo de Viviane Silva, 19 anos, foi encontrado na tarde de quinta (3), em um córrego próximo ao Recanto das ...

 


(crédito: Arquivo Pessoal)

O corpo de Viviane Silva, 19 anos, foi encontrado na tarde de quinta (3), em um córrego próximo ao Recanto das Emas.

O corpo de Viviane Silva, 19 anos, encontrada morta e seminua, na tarde da última quinta-feira (2/6), em um córrego situado na região de Água Quente, no Recanto das Emas, será enterrado no próximo sábado (4/6), no Cemitério Campo da Esperança de Taguatinga. Amigos e familiares poderão dar o último adeus a partir das 8h, na capela 6.

Enterro de jovem encontrada morta e seminua será sábado (4/6)
Enterro de jovem encontrada morta e seminua será sábado (4/6)
(foto: Arquivo pessoal)

O corpo de Viviane foi encontrado por volta das 18h, e, segundo o delegado-chefe da 27ª Delegacia de Polícia, Pablo Aguiar, não apresentava sinais de violência, o que indica que tenha sido morta afogada. De acordo com o investigador, a vítima era moradora de Santo Antônio do Descoberto (GO). "Tudo indica que o autor possa ser morador de Goiás, mas como o crime ocorreu na nossa área, fica à cargo daqui", ressaltou. O caso é investigado como feminicídio pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

De acordo com a família, Viviane tinha deficiência nas pernas e andava de muleta. A cunhada da vítima, Francisca Alves Firmo, Vivi, como era chamada, saiu de casa com um amigo, na noite da última terça-feira (31/5) e quando ele foi embora, ela teria ficado com dois homens no estabelecimento.

Depois do desaparecimento, a irmã da vítima, Leidiane Silva, entrou em contato com o amigo que chamou Viviane para sair, mas ele afirmou que teria ido embora e deixado a jovem com outros dois homens no local. “Daí então nós já não tivemos mais notícia dela. Todo mundo começou a procurar ela, divulgar as fotos dela porque ela não era de fazer isso, sem dormir fora de casa”, relatou a irmã. A família não tem suspeita de quem pode ter matado Viviane e pede por justiça.

Da redação do Lei & Politica

Nenhum comentário

Latest Articles

Pixel