Letícia Fialho lança EP “Carta de Fogo” com gravações feitas durante a quarentena - Portal de Notícias da Radio Tribuna FM Brasília

Page Nav

HIDE

paga

Últimas notícias:

latest

Ads Place

Letícia Fialho lança EP “Carta de Fogo” com gravações feitas durante a quarentena

Foto: Thaís Mallon - Divulgação   Mais Fotos:  https://bit.ly/ FotosCartadeFogo Em quarto álbum da carreira, compositora canta e toca todos ...


Foto: Thaís Mallon - Divulgação 

Mais Fotos: https://bit.ly/FotosCartadeFogo

Em quarto álbum da carreira, compositora canta e toca todos os instrumentos. O EP estreia nas plataformas e em show no SESC Garagem dias 26 e 27 de novembro.

A pandemia desafiou as artistas a buscar novos e seguros caminhos. Durante o período de distanciamento social, a cantora, compositora e multi-instrumentista brasiliense Letícia Fialho reuniu composições próprias e parcerias para renascer em torno do universo poético do fogo. O resultado é o EP Carta de Fogo, que traz seis faixas com canções de Letícia.

 

Em estúdio, ela gravou voz e tocou todos os instrumentos: baixo, bateria, guitarra, piano, violão, cavaquinho e percussões. A compositora fez os arranjos com inspiração nas sonoridades afrobrasileiras e afrolatinas como blues, salsa, ijexá, jongo e samba, ressignificados na estética da canção popular brasileira.

 

Letícia ainda assinou a direção musical do EP, que será lançado nas plataformas digitais no dia 26 de novembro (sexta-feira) e em dois shows já marcados no SESC Garagem, dias 26 e 27 de novembro (sexta e sábado), com lotação restrita a 70 lugares por apresentação. 

 

“É muito bom voltar com show no teatro do SESC, que é um lugar afetivo para mim. Foi onde lancei meu segundo álbum em 2018 (Maravilha Marginal). O público suspenso nas arquibancadas, em torno do palco, permite uma proximidade com segurança”, destaca Letícia Fialho, que tem conquistado cada vez mais audiência fora de Brasília.

 

Nas plataformas digitais, o público do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e até Lisboa já se destaca entre os principais ouvintes. As cidades estão no radar para shows em 2022. “A música é comunicação pelo afeto. Ela está nesse lugar de comentário sobre a vida e por isso consegue conectar as pessoas de diferentes lugares, seja em tempos difíceis, seja em tempos de celebração, como o que esperamos viver daqui pra frente.”

 

Carta de Fogo traz uma estética experimental pela presença dos textos falados e de gravações de sons não usuais. Uma fogueira ou uma mesa de ferro, por exemplo, tornaram-se instrumentos musicais no álbum. A integração de áudios de WhatsApp às canções mistura linguagens, transformando um aplicativo de mensagens instantâneas em plataforma para a experimentação poética. 

 

Nas participações faladas, o álbum recebe profissionais de diferentes áreas: a poeta Júlia Moura, a psicóloga, astróloga, cantora e compositora Ana Béa, o rapper Murica, o poeta e jardineiro Tairo Lima, o cantautor Paulo Ohana, a psicóloga, atriz e DJ Tamara Maravilha e a jornalista Luiza Garonce. 

 

Lançamento EP Carta de Fogo - Letícia Fialho

Shows no SESC Garagem da 913 sul: 26 e 27 de novembro

Horário: 20h / Classificação Indicativa: Livre

Ingresso: R$ 40 inteira e R$ 20 meia

Compra – Dia 26: https://bit.ly/CartadeFogoDia26

Compra – Dia 27: https://bit.ly/CartadeFogoDia27

Instagram: https://www.instagram.com/leticiafialhoeu/


Plataformas digitais: 26 de novembro (Spotify, Deezer, AppleMusic, Tidal e outras)

Spotify: https://open.spotify.com/artist/5NOtIXTrh7zXkzZ5VHQF4H


Assessoria de Imprensa: Paó Comunicação (61 99249-7074 e 61 98179-9316 - ZAP)


Biografia - Letícia Fialho

 

Letícia Fialho é compositora, cantora e instrumentista nascida na cidade de Brasília. Descendente de família carioca, tem em suas raízes a vivência quente da zona oeste do Rio de Janeiro, a boemia dos instrumentistas e cantores populares, a cultura negra e o carnaval de rua como imagens que pairam no universo poético da artista e colorem a atmosfera de suas composições.

 

A capital federal é espaço que conflui migrações, tradições e produções culturais de diversas partes do país. Letícia transporta para suas canções um passeio por variados ritmos, unidos por uma composição poética que surge de urgências pessoais atravessadas pela vivência urbana contemporânea, movimentos afetivos, da vida cotidiana e do tempo.

 

Sua principal formação musical é a vivência junto a artistas populares urbanos. A graduação em Letras foi um elemento catalisador e instigador da pesquisa entre a poesia e a música. A artista compõe a partir de uma sensível relação entre melodia e palavra, que nasce da experimentação da linguagem e do instrumento.

 

Letícia ainda é dona de uma trajetória consistente enquanto compositora.  A música “Festa do Destino”, composta em parceria com Nathália Lima, ganhou o Festival da Rádio Nacional FM de Brasília em 2017 nas categorias melhor arranjo e melhor música com letra.

 

A cantora integra o premiado grupo Chinelo de Couro, que tem como espinha dorsal a cultura popular do nordeste do Brasil. Também faz parte do bloco de carnaval Essa Boquinha Eu Já Beijei. Atua ainda na concepção e execução de trilha sonora de espetáculos de teatro e dança contemporânea.

 

Em 2018, Letícia lançou seu segundo disco, intitulado Maravilha Marginal, pelo projeto Letícia Fialho e a Orquestra da Rua, com co-direção musical do premiado guitarrista Marcus Moraes e com a participação de grandes músicos do atual cenário musical do país. No ano seguinte, finalizou o EP Purpurina Anzol, com canções da cantora e parcerias, acompanhada pelo acordeonista Rodrigo Zolet.

 

Discografia

Letícia Fialho (2011)

Maravilha Marginal (2018 - álbum)

Purpurina Anzol (2019 - EP)

Corpo e canção remix (2021 - single)

Abraço do tempo (2021 - single) 

Carta de fogo (2021 - EP)

Da redação com informações de: Paó Comunicação

Nenhum comentário

Latest Articles